Niterói conquista 3° lugar no ranking de iGovTI


Niterói conquistou o terceiro lugar no ranking do Índice de Governança de Tecnologia da Informação (iGovTI), divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ). O diagnóstico de governança de tecnologia da informação é feito nas prefeituras fluminenses e avalia o cumprimento de normas técnicas e legislações do setor, com base na classificação dos níveis de governança proposta pelo Tribunal de Contas da União.

A Prefeitura de Niterói, desde 2013, vem passando por um processo de modernização da sua gestão, incorporando novas tecnologias, procedimentos que melhorem as rotinas e profissionais mais bem treinados para que possam prestar serviços melhores à população”, destaca o secretário de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael.

A auditoria abrangeu 72 municípios, que responderam ao relatório do TCE, registrando dados referentes à gestão de TI nas áreas de liderança; planejamento estratégico institucional; transparência e controle da gestão da informação; gestão de pessoas; gestão de processos em TI e; avaliação de desempenho e resultados, evidenciando as informações coletadas por meio de gráficos comparativos e tabelas ilustrativas.

O iGovTI é o resultado da composição desses seis quesitos, refletindo a situação geral de cada prefeitura quanto ao nível de governança de TI existente, instrumento hábil a nortear, tanto a atuação do município, quanto as futuras ações de controle do TCE-RJ nesta área. A cidade de Piraí ficou em primeiro lugar, seguida de Paty do Alferes.

Desde o início da administração, tomamos medidas como a lei de acesso à informação, a gestão interna dos pedidos de informação e criamos o Conselho da Transparência da sociedade civil. Além disso, tornamos a Controladoria independente. A criação da carreira de controle interno e gestão governamental, com a realização do primeiro concurso público pela FGV, também foi determinante para o excelente resultado do município”, informou a secretária de Fazenda de Niterói Giovanna Victer.

Modernização

A Prefeitura de Niterói implantou um amplo conjunto de medidas de transparência e modernização da gestão. Um dos destaques é o sistema e-Cidade, um software que centraliza as informações sobre os processos municipais, garante a segurança dos dados, dá mais transparência e melhora a gestão fiscal. O programa substituiu 46 sistemas de protocolos, 11 sistemas de folha de pagamento e 10 sistemas contábeis diferentes, permitindo maior facilidade de consulta às informações de processos administrativos da administração municipal.

Também foi criado o Portal da Transparência, plataforma destinada à consulta das despesas, receitas e instrumentos públicos de planejamento (PPA, LDO e LOA) além dos relatórios de gestão, entre outros; e foi implantada a Lei de Acesso à Informação (LAI), que dá o direito de qualquer pessoa solicitar e receber dos órgãos e entidades públicos, de todos os entes e poderes, informações públicas por eles produzidas ou custodiadas.

Prêmios

Niterói conquistou duas vezes a nota 10 na Escala Brasil Transparente, um projeto da CGU e, duas vezes a nota máxima no Ranking Nacional da Transparência do Ministério Público Federal. Niterói também foi a única cidade do estado a alcançar a excelência na gestão de suas contas públicas em 2016, ficou em sexto lugar no ranking nacional do Índice Firjan de Boa Gestão Fiscal (IFGF), conquistou o primeiro lugar no Estado do Rio e o 22º no País, no índice de Governança Municipal do Conselho Federal de Administração (CFA).

Fonte: Prefeitura de Niterói

  • Compartilhe este conteúdo