Lançado o Portal do Aluno de Macaé


1461897387Dando continuidade à transparência nas atividades da Educação, na segunda-feira (31) passada, o Portal do Aluno foi disponíbilizado no site da Prefeitura de Macaé. A nova ferramenta vai facilitar o acesso dos pais, responsáveis e alunos, para obter as informações referentes aos dados da escola, corpo docente, freqüência, notas, documentação do aluno, calendário escolar, horário das aulas e futuramente dados sobre a biblioteca da unidade.
Ainda na segunda passada, os pais dos alunos e responsáveis receberam a instrução de acesso nas escolas com uma senha provisória, onde no primeiro acesso, a senha deveria ser trocada para segurança dos dados. O Portal do Aluno estará na página principal do site do município www.macae.rj.gov.br disponíveis pais e responsáveis dos alunos da rede.
Segundo o subsecretário de Infraestrutura da Secretaria de Educação, José Vicente, o e-cidade é um sofware utilizado pela Educação que tem como objetivo integrar a gestão dos municípios. “Foi implantado no ano de 2015 em cinco escolas como projeto piloto e agora este ano todas as 106 escolas forneceram os dados para o Censo Escolar e estes dados foram todos exportados para o e-cidade“, explicou.
De acordo com o secretário Adjunto de Infraestrutura e Patrimônio, Carlos Antônio Pinheiro, antes o e-cidade era hospedado no Proderg. Hoje, a Prefeitura de Macaé irá hospedar o software na base do setor de Tecnologia da Informação.

“Nosso objetivo é facilitar o acesso ao sistema e facilitar as resoluções dos problemas técnicos imediatamente quando houver solicitação dos usuários”, explicou Carlos acrescentando que esse serviço vai contribuir com uma gestão rápida e de fácil acesso.

Alunos da Educação para Publicidade. Data: 12/04/2016. Foto: Bruno Campos/Prefeitura de Macaé

Fotos: Alunos da Educação para Publicidade. Data: 12/04/2016. Foto: Bruno Campos/Prefeitura de Macaé

A secretária Marilena Garcia disse que o objetivo é investir na modernização da administração, com base em softwares de gestão e facilitar alguns trâmites entre as escolas e os setores da Secretaria de Educação.

“Segundo Marilena Garcia, o software e-cidade vai permitir que a inserção e consulta de dados no ensino municipal seja executada de uma maneira mais dinâmica e prática. Temos exemplos de cidades como Rezende e Niterói, que estão tendo sucesso no software na celeridade da informação de dados educacionais.”

Com o novo sistema, setores como “Pré-Matrícula”, “ Bolsa Família”, “ Recursos Humanos” e “ Supervisão Escolar” poderão acessar e acompanhar os dados, que estarão disponíveis para consulta. A proposta é que pais de alunos ou responsáveis possam acessar dados referentes ao boletim escolar e referenciais quanto à segmentos, turmas e disciplinas.

Fonte: ascom/Jornal Online Terceira Via

  • Compartilhe este conteúdo