Prefeitura já economizou R$ 900 mil aos cofres públicos com novo software


_MG_5083

Com o sistema e-Cidade, software público disponibilizado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, a Prefeitura de Porto Velho já economizou R$ 900 mil/ano, segundo informou o coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa, Saulo Nascimento. Ele é o responsável pelo desenvolvimento e expansão dos projetos de tecnologias da informação do Município.

O software tem a proposta de informatizar a gestão municipal de forma integrada – Prefeitura, Câmara Municipal, Autarquias, Fundações, entre outros.

Saulo Nascimento destaca que outros sistemas não garantem a continuidade de informações. “A cada cinco anos havia necessidade de licitar outro software, porém, com este é diferente. O e-Cidade atende a demanda de controle de forma continuada, pois não podemos pensar numa prefeitura que não consegue integrar o seu banco de dados“, diz.

O coordenador lembra ainda que ao comprar um novo software, sempre há a possibilidade da perda de dados, o retrabalho em atualização com a falta de consistência de informações. “Agora, estamos com a proposta da centralização”, frisou.

Esse trabalho esta na primeira fase, com a instalação do módulo Educação, que inclui a gestão escolar, matrícula escolar, boletim escolar, gerenciamento de banco de horas e afins. “O objetivo é prezar pela economicidade e a racionalização dos recursos públicos em diversos setores da Administração“, reforça. Posteriormente,de acordo com ele, serão implantados os demais módulos.

Um outro destaque é que o software sempre vai ser da Prefeitura e seu banco de dados será preservado. “Não haverá a necessidade de troca de sistema e este será melhorado ao longo dos anos com a customização do sistema (interfaces)“, indica Saulo Nascimento.

Fonte: Prefeitura de Porto Velho

  • Compartilhe este conteúdo