Sistema de Processos Eletrônicos na Prefeitura de Alegrete


 

11-1625344472-862

A meta da administração municipal é acabar com a burocracia desnecessária e unificar o sistema de processos, que começa a ser implantado de maneira escalonada. Através da plataforma “e-cidade”; um moderno sistema está sendo desenvolvida pelo setor Tecnologia da Informação (TI), da Secretaria de Administração e a DBSeller Sistemas Integrados.

O objetivo é de melhorar os fluxos de trabalho e agilizar a tramitação de processos, com redução de custos para a prefeitura, bem como favorecendo a vida dos munícipes.

De acordo com o secretário de Administração, Paulo Faraco, a prefeitura planeja acabar com o processo físico (em papel) e criar um cronograma para que as pastas, passo a passo, consigam aderir ao novo modelo e prestar um serviço mais prático e ágil para a população alegretense. “Já estruturamos a ideia, discutimos de que maneira a implantação será feita e temos a proposta referendada pelo prefeito Márcio Amaral e o vice Jesse Trindade. Agora, estamos promovendo a implantação nos primeiros setores, capacitações e elaborando um plano por secretaria e tipos de serviço”, destacou Faraco.

Como alguns setores da gestão municipal já começaram a utilizar o sistema, exemplo dos Recursos Humanos, onde muitas facilidades já começaram a ser aplicadas na modernização dos processos eletrônicos nesta semana. “Estamos modernizando os processos eletrônicos internos e externos. Nosso RH estará disponibilizando, de forma online, aos servidores a sua visa funcional completa, possibilidade de solicitação e comprovantes de atestados de saúde, o que anteriormente ele teria que passar por protocolos físicos. O servidor que tem o direito à folga em seu aniversário já pode fazer a comunicação online. É só um exemplo. Queremos aproveitar a experiência exitosa para levar o processamento eletrônico a todas as pastas”, destaca o secretário.

Segundo Faraco, nas próximas semanas muitos avanços acontecerão, como a disponibilização do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) de forma online. “Assim, a gestão visa à redução dos custos com os processos, melhorar a agilidade da tramitação, trazendo uma resposta mais rápida ao usuário, além de garantir a sustentabilidade e a desburocratização”, enfatiza.

O prefeito Márcio Amaral ressaltou que o Governo Municipal sempre busca ferramentas que possam contribuir com a gestão. “Estamos entrando em uma nova etapa melhorando o nosso sistema, pois entendemos da importância da ferramenta para o acompanhamento de processos online, além da melhoria dos fluxos e prestação e serviços”, destacou o chefe do Executivo.

O vice-prefeito Jesse Trindade considera que a nova gestão promovida pela Secretaria de Administração garante a desburocratização de documentos e processos eletrônicos, com o objetivo de promover a eficiência administrativa. “Teremos uma nova etapa dentro do lema desta administração que é construir um novo futuro. Alguns dos benefícios do sistema será o acompanhamento de processos online e assinatura de documentos por usuários internos e externos; o aumento da produtividade e a diminuição do uso do papel; o acesso remoto por meio de diversos tipos de equipamentos (notebooks, tablets, smartphones etc.); a melhoria nos fluxos de trabalho e agilidade na tramitação; entre outros”, finaliza.

A Prefeitura de Alegrete também pretende avançar nos estudos que visam estruturar a gestão documental no Município. “Temos um longo caminho até criar uma gestão documental. A Governança, por exemplo, depende muito desta gestão para conseguir obter os indicadores em relação aos fluxos da prefeitura”, enfatizou o secretário Paulo Faraco.

Fonte: Prefeitura de Alegrete

Para conhecer a nova solução de processo eletrônico entre em contato com nosso setor comercial: comercial@dbseller.com.br ou a central de atendimento (51) 3076-5101.

  • Compartilhe este conteúdo